segunda-feira, 24 de abril de 2017

Como lidar com alunos indisciplinados

A indisciplina se tornou um dos maiores obstáculos pedagógicos da atualidade. O fato é que, os docentes, em sua maioria, não sabem interpretar o comportamento dos seus alunos e muito menos como enfrentar um ato de indisciplina.
Será que é melhor compreendê-lo? Ignorá-lo? Reprimi-lo? Esses questionamentos são comuns nesse meio e permeiam a cabeça de muitos profissionais da educação.
Uma turma indisciplinada afeta diretamente a atuação do professor e o desempenho dos alunos. Pode até ser que o educador, mesmo dentro desse quadro perturbado, tenha o interesse em ensinar e disseminar o conhecimento, mas é muito difícil atingir tais objetivos sem modificar sua postura. Diante desse cenário, é comum surgir o desanimo e a vontade de desistir da profissão, mas o ideal é partir para novas alternativas de ensino.
Como dito anteriormente, os alunos também são prejudicados com isso, principalmente aqueles que estão interessados em aprender. Por mais que tentem prestar atenção no que o professor tem a ensinar, se vêem em meio a um caos constante, o que reduz significativamente a sua produtividade. Em outros casos, bons alunos também podem ser influenciados a ter atitudes intolerantes, já que nenhuma providência é tomada.
Caso tenha se identificado com essas situações, não se apavore ou perca a paciência, pois isso pode atrapalhar ainda mais o seu rendimento na sala de aula! Saiba que existem boas maneiras de controlar seus alunos de forma eficiente, mesmo que os métodos sejam pouco tradicionais. Confira abaixo algumas dicas e comece já a colocar em prática.

Torne suas aulas interessantes

Se os seus alunos não conseguem manter a disciplina, uma ótima alternativa é apostar em aulas mais atrativas e dinâmicas, capazes de chamar atenção.
Saiba que um mesmo conteúdo pode ser abordado de diversas formas e cada uma delas pode causar efeitos diferentes.
Quando o educador consegue tornar sua fala interessante, consequentemente aumenta o índice de concentração e retenção do aluno, o que resulta numa visível melhora no seu desempenho e comportamento.
Para que o professor seja o alvo das atenções e consiga atingir os seus objetivos educacionais, é necessário fazer o planejamento da aula com antecedência e utilizar, ao seu favor, recursos diversos.
Aposte em músicas, pesquisas, jogos, debates, textos complementares e outras metodologias capazes de movimentar a sala de aula e estimular a disciplina dos seus alunos.

Controle seus impulsos

A sala está em total desordem? Você não sabe o que fazer para acalmar a euforia da sua turma? Respire fundo e mantenha a calma!
É comum que diante de alunos indisciplinados você perca a paciência e queira tomar uma atitude imediata, mas a dica é: controle seus impulsos e espere um pouco.
Não adianta competir com vários alunos falando ao mesmo tempo. Aguarde até que eles reconheçam a sua presença e se dêem conta de que você é o líder naquele ambiente.
Não se manifeste até que todos eles fiquem em silêncio ou que ao menos tenha condição de falar sem gritar insistentemente.
Normalmente os alunos se calam aos poucos e começam a pedir silêncio para os demais colegas. Esse tipo de postura é uma ótima alternativa para estimular o senso de disciplina e a consciência de respeito mútuo.

Mantenha o tom de voz

Sua turma está gritando sem parar? Parece que o caos tomou conta do ambiente? É, realmente essa situação é muito complicada, mas caso altere o tom de voz para chamar a atenção dos alunos pode tornar a situação ainda mais desastrosa.
Esse tipo atitude faz com que os alunos queiram competir com você, além de comprometer a sua saúde vocal, gerar a sensação de estresse e propiciar um clima de conflito e tensão.
Prefira manter o seu tom de voz normal, seja o exemplo. Caso o professor mostre confiança e ao mesmo tempo equilíbrio e tranqüilidade na voz, fará com que os alunos tenham em quem se espelhar e assim passem a adotar uma postura mais disciplinada.

Tenha como aliada a comunicação não-verbal

Você já parou para pensar que a comunicação não-verbal pode ser muito útil em situações de indisciplina? Pois é, saiba que nem sempre irá alcançar os seus propósitos ou transmitir a mensagem que almeja apenas com a utilização da comunicação verbal.
Dependendo do caso, os seus gestos podem dizer mais do que palavras. Ao levantar a mão ou bater palmas, por exemplo, você pode expressar que precisa de atenção naquele momento.

Ensine aos seus alunos o valor das regras

Construir, reavaliar e respeitar as regras é fundamental para qualquer convívio na sociedade. Os seus alunos precisam entender que as mesmas são capazes de ditar o ritmo do aprendizado, estimular a disciplina e fazer com que você trabalhe melhor.
Ilusoriamente, muitos professores acham que os seus alunos vão aprender sozinhos a se portar perante os colegas e educadores, mas na verdade você é o principal responsável por criar esse tipo de consciência no ambiente escolar.
Você pode escolher as regras que deverão ser seguidas em sala de aula juntamente com os seus alunos. Eles também podem participar, de modo que se sintam parte do processo e criem consciência de que elas devem respeitadas

Antes de começar a aula, organize a sala

Vai dar início a sua aula? Então verifique se tudo está em ordem. Cuide do mapeamento, organização e limpeza, pois tudo isso contribui significativamente para a disciplina dos alunos.
Caso as fileiras estejam muito próximas, procure afastá-las, pois assim será mais fácil obter silêncio e transitar entre as classes para ajudar os alunos individualmente.
Além disso, exija que os alunos sentem-se nos lugares estipulados no espelho de classe ou mapeamento. Peça ainda que não deixem os seus pertences espalhados pela sala, pois a falta de organização pode comprometer o aprendizado e a concentração.
Em relação à limpeza do ambiente, solicite que os seus alunos juntem do chão os papéis, plásticos e saquinhos do lanche ou de alguma atividade que necessitou desses materiais.
Por mais que pareçam simples, essas atitudes podem contribuir significativamente para a disciplina dos seus alunos, não só na sala de aula, mas em qualquer ambiente que estejam inseridos.

fonte: http://escolaeducacao.com.br/como-lidar-com-alunos-indisciplinados/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu aguardo as sementes que você possa vir a lançar. Depois selecioná-las e plantar.