quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Recarregando as baterias

E depois de  tudo, quando o silêncio já  toma  conta da casa  e apenas se  ouve a  calma da noite, eu organizo a sala, seguindo  a rotina diária de  colocar as  almofadas  no  lugar  e  esconder os  chinelos, para  que  a madrugada possa  chegar tranquila. E neste momento eu encontro no tapete da sala uma literatura infantil, que a tempo não ficava mais espalhada pela  casa. Sinal de visita, de uma menininha, minha doce Clara, inevitável não sorrir  ao lembrar dela. 
      Com dois  anos  recém completados, adora  "istoinhas" e  é  a primeira  coisa  que pede  quando chega  aqui, antes mesmo das  balas de  morango que   moram num baleiro abastecido especialmente para ela. Uma garotinha  que não fala corretamente  todas as palavras  e já  fica sentada no tapete folhando e observando cada detalhe, contando e recontando a mesma  história, ela  interpreta muitos  símbolos, entende de notas  musicais,tem medo de um lobo  fictício escondido atrás de uma árvore, uma faca "peligosa"que o rato utiliza para cortar  o morango...ela  lê o mundo, Eu fico encantada, maravilhada, feliz! 
      Maria Clara frequenta uma instituição de Educação Infantil a exatamente um ano  e meio, tem professoras  abençoadas, sabe noções de  dentro fora, em cima, em baixo, sabe  comer  sozinha, consegue  dividir  brinquedo  e  ainda que  egocêntrica como toda criança de  sua  faixa etária ela  convive  com os amigos, reparte, brinca, canta,  guarda  brinquedos. Tem uma família  que lhe adora  e muitos  valores certamente tem sido construídos lá, mas é inegável a ação abençoada  da ESCOLA e de uma professora consciente de  sua missão  em sua  vida. 
    Eu sei que ela crescerá gostando de livros,  de fantasia de  imaginação, ela certamente vai ser  cada vez mais criativa e  inteligente. 
    Eu precisei ligar o micro novamente, interromper a  arrumação da sala e registrar o quanto acredito na EDUCAÇÃO  INFANTIL, em profissionais  bem fundamentados, em projetos que se tornam práticas, em materiais  bem utilizados, em escolas  públicas de  qualidade!
Um livro  jogado no chão da sala hoje,  me recarrega  as  baterias!
 EU  SIGO  LUTANDO PELA  EDUCAÇÃO!     

P.s   Acreditem, ela Lê!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu aguardo as sementes que você possa vir a lançar. Depois selecioná-las e plantar.