quinta-feira, 31 de março de 2011

DICAS

Com a abertura das inscrições do Prêmio Educadores Inovadores, muitos professores se perguntam: como posso fazer um projeto inovador? Que ferramenta posso utilizar  e qual o meu papel no projeto?
Estas dúvidas são comuns, mas não fique aflito! Nosso blog te dá uma ajuda! São 14 dicas sobre o papel do professor na hora de criar um projeto inovador.
1 - O papel do professor não deve ser o de ensinar, mas orientar as opções de “caminhos” que os alunos poderão trilhar;
2 - Coloque o aluno em situação de protagonista de sua aprendizagem, mantendo-o como sustentador de novos e contínuos desafios;
3 - Os educadores envolvidos devem contagiar seus pares, gestores, comunidades e realizar parcerias;
4 - Mostre abertura para o trabalho colaborativo, convidando colegas de diferentes áreas e equipes diretivas para a participação;
5 - Inserir-se em comunidades virtuais e buscar parcerias também com outras escolas;
6 - Abra o planejamento para a comunidade, socializando o trabalho e solicitando a participação da mesma;
7 - Você só conseguirá contagiar seus pares, gestores, alunos e comunidade e realizar parcerias com diálogo e postura profissional;
8 - Inicie este exercício nas Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPCs), leve a discussão para as reuniões do Conselho de Escola, do Grêmio Estudantil e da Associação de Pais e Mestres, entre outros;
9 - Mostre que o projeto é pertinente àquela comunidade, que possui propostas desafiadoras e que trará benefício a todos. O educador inovador tem que acreditar no poder transformador do projeto e lutar por ele;
10 - Para ter uma parceria de sucesso é necessária uma ação coordenada dos diferentes sujeitos e suas habilidades, exemplo: Se tenho a parceria de uma rádio comunitária, um grupo de alunos ficará responsável pela divulgação e produção do áudio ligados ao projeto;
11 - Tenha uma postura de abertura para aproveitar os desdobramentos que surgem, dando novos direcionamentos;
12 - Avalie durante todo o processo para poder modificar o que for necessário;
13 - Incentive a criatividade, colaboração, aprendizagem contínua e desenvolvimento de competências;
14 - Incentive o uso das novas tecnologias, pois elas aproximam pessoas, agregam ideias, facilitam a colaboração, desenvolvem as competências exigidas dos nossos alunos e permitem que eles criem.
Gostou das nossas dicas? Elas fazem parte da apostila “Como fazer projetos inovadores”,disponível no site Conteúdos Educacionais. Com ela, o educador se mantém bem informado sobre as discussões atuais na educação, como o conceito de inovação pedagógica, as competências exigidas ao educador deste século, novas formas de ensino e como as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) podem auxiliar nos processos de ensino e aprendizagem. Além disso, o guia traz exemplos de projetos inovadores replicáveis e oferece dicas para você submeter seu trabalho ao Prêmio Microsoft Educadores Inovadores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu aguardo as sementes que você possa vir a lançar. Depois selecioná-las e plantar.